blogando

Envelhescência

há 296 semanas

Descobri que sou um “envelhescente”! Também é? Não, então já foi e reconhecerá o que vou descrever, ou . . . será e não se preocupe, apesar algumas contrariedades, é uma fase da vida maravilhosa. A envelhescência, termo criado por Manoel Berlinck, vai dos quarenta e muitos até aos sessenta e poucos anos e é uma espécie de geração sanduiche entre a idade adulta e a velhice, à semelhança, aliás, do que a adolescência é entre as fases da infância e adulta.

Talvez seja por ambas serem fases de transição, que a adolescência e a envelhescência têm tanto em comum. Se a adolescência é uma espécie de estágio para se passar a adulto, a envelhescência é a preparação para nos tornarmos velhos. Alguém que não viva intensamente a sua adolescência, será seguramente um adulto infeliz e mal formado. Alguém que não aproveite bem a sua envelhescência tornar-se-á certamente num velho casmurro e incompleto. O adolescente revolta-se porque os outros o (des)consideram criança e ele sente-se maduro. O Envelhescente rebela-se porque os outros acham que está velho e ele sente-se, quando muito, maduro.

Tal como a adolescência, a envelhescência vem acompanhada de grandes transformações. Fisicamente, na adolescência tudo é força e quantidade. O corpo cresce e fortalece, a barba e as borbulhas irrompem, os músculos tonificam, a energia não pára e a libido explode. Na envelhescência, a opção é pela gestão e pela qualidade. A pele ganha rugas, protegemo-la. Os cabelos embranquecem, aproveitamos para dar um toque de “classe”. A visão torna-se menos nítida, usamo-la melhor. Os músculos enfraquecem, orientamos melhor as nossas energias. O sexo já não é o que era, gozamos cada momento.

Psicologicamente, as alterações não são menores. A adolescência traz a ânsia de liberdade e a pressa em conquistar tudo. Provoca a rebeldia, a transgressão (fumar às escondidas dos pais) e a vontade de mudar o mundo. Incentiva a oposição a quem admira (os adultos) e origina muitos dramas e insatisfação. “Não há estrelas no céu a dourar o seu caminho”.

A Envelhescência transporta consigo a angústia de estar próxima da velhice, mas também a segurança de quem já passou por quase tudo, nascimentos e mortes, amores e ódios, sucessos e fiascos. Traz o “bom senso” e o “dar tempo ao tempo”, mas também o desejo de aproveitar intensamente cada minuto. Provoca o conforto das rotinas, mas também o anseio por viver novas aventuras. Gera o respeito pelas normas, mas também a vontade de transgredir (fumar às escondidas dos filhos) e de inovar. Origina o respeito pelo que nos espera (velhice), mas procuramos evitar. É uma idade de contradições. “Tão depressa o sol brilha como a seguir está a chover”.

Profissionalmente, a envelhescência é, por tudo isto, a fase em que as pessoas maior contribuição podem dar. Fisicamente, mesmo menos fortes e rápidos, aprenderam a gerir melhor as suas energias e ficaram mais resistentes. Psicologicamente, possuem a segurança de quem já fez e a abertura de quem sabe que ainda tem muito para aprender. Emocionalmente, apresentam o desejo de explorar ao máximo cada momento e o anseio de deixar a sua marca.

Estranhamente, a sociedade em que vivemos transmite a estas pessoas duas mensagem bem claras e paradoxalmente opostas. A primeira é que elas são activos humanos importantes e que ainda estão longe de poderem “arrumar as botas”, quanto mais não seja, porque os Estados não têm dinheiro para lhes pagar as pensões. A segunda é que, mesmo não estando velhos para trabalhar, estão fora de prazo para encontrar emprego. De facto, quem, como eu, se dedica ao recrutamento de executivos, assiste quase diariamente a formas de discriminação baseadas na idade (etarismo), que para além de ilegais, são, como vimos, infundadas.

A vida pode não ser justa, mas continua a ser muito boa. Só temos de saber não deixar criar rugas na alma.

Sintra, 10 de Dezembro de 2011

José Bancaleiro,

Managing Partner

Stanton Chase International – Executive Search Consultants

 

Comentário de sergio velasquez:
Excelente
Reconfortante para a minha envelhescência na qual me revejo em cada uma das tuas palavras.

Abraço
Sérgio Velasquez
ex-Altitude...


2011-12-18 22:55:12
Comentário de Carlos Pedro Ferreira:
Um artigo que nos deixa bastante motivados para o que nos espera isto para quem está na casa dos 40 como eu. Com todo o sentido critico e com toda a justiça. Excelente.

2011-12-19 11:44:47
Comentário de Miguel Guerreiro:
É o problema da miopia em Portugal. Em vez de se contratar quem sabe perdemos para outros que aproveitam o que temos de melhor -as pessoas

2011-12-20 19:44:23
Comentário de Helena Rolo:
São de facto as rugas da alma que nos tornam velhos.
Parabéns pela energia e eterna juventude

2011-12-20 21:54:10
Comentário de Maria Simões:
Não conhecia o termo nem o conceito mas identifiquei-me

2011-12-21 19:03:07
Comentário de Maria Dolores:
Viva Bancaleiro como sempre acertivo pertinente e poetico também É um prazer ler os seus pensamentos.
Proponho que o termo passe a constar do léxico português por ser extremamente oportuno.
Até conciencializarmos algo é como se para nós nunca tivesse existido até aí e melhor definição que esta ... estamos cá para a receber.
1 pequena sugestão ao Sr. Manoel Berlinck até aos sessentas e poucos??? Caramba a envelhescência dele acaba cedo demais É como 1 adolescente precoce não?? Aos setenta ainda se pode ser 1 envelhescente mt activo e criativo por mim falarei



2011-12-23 11:08:08
Comentário de henrique soares:
Caro José
Os meus parabéns pela EXCELENTE abordagem ao tema. Ainda estou a digerir o conteúdo - e vou continuar por muito mais tempo - mas há um pensamento que gostaria de partilhar consigo. Porque não conseguimos formar o PODER EXECUTIVO do NOSSO PAÍS - os governantes os executivos das empresas QUEM DECIDE? Porquê? Ataquemos a doença na origem. É necessário incluír matérias como esta nos manuais escolares é aí que se começa a definir e formatar a nossa personalidade aquilo que vamos ser amanhã É AÍ. Que esperamos os que já estão nesta fase TÃO LINDA da vida - à qual muitos não conseguiram chegar - para partilhar este conhecimento que ninguém pode descrever tão bem bem como nós OS ENVELHESCENTES
A minha admiração e aquele abraço.
Henrique

2011-12-29 10:56:44
Comentário de Luis Moisés:
Quando pela primeira vez tomei conhecimento do termo associei-o a um conceito errado. Foi muito reconfortante eu diria até revigorante agora que já estou a roçar os 50 poder exorcizar alguns fanstasmas e ficar a saber que afinal este meu caminho está certo. Há muito tempo que não gostava tanto do significado de uma palavra... Um abraço

2012-01-04 10:24:01
Comentário de Luis Moisés:
Quando pela primeira vez tomei conhecimento do termo associei-o a um conceito errado. Foi muito reconfortante eu diria até revigorante agora que já estou a roçar os 50 poder exorcizar alguns fanstasmas e ficar a saber que afinal este meu caminho está certo. Há muito tempo que não gostava tanto do significado de uma palavra... Um abraço

2012-01-04 10:24:55
Comentário de Francisco Azevedo:
Tenho 53 anos sou saudável tenho um corrículo mt interessante... na área da engenharia e também gestão mas .... estou desempregado e já concorri para tudo e mais alguma coisa Em cerca de 3 anos já enviei mais de 400 CVs e auto-candidaturas Sabe quantas vezes me chamaram para uma entrevista? ZERO
Já coloquei o CV c/ todos os detalhes com o mínimo de detalhes modelo Europeu Americano inovador conservador com carta de apresentação sem carta de apresentação... só nunca enviei sem a minha data de nascimento
O que diz é naturalmente verdade mas não é de todo a realidade do mercado. Só estou desempregado porque o setor onde estava - automóvel - está hoje reduzido a metade não por incompetência ou por falta de capacidade de adaptação.

Assim se souber de alguém que partilhe a sua opinião e esteja a recrutar alguém ENVELHESCENTE estou muito interessado.

Obrigado
Francisco Azevedo

2012-01-06 11:04:12
Comentário de José António Rodrigues:
Salvé José.

Este ENVELHESCENTE saúda-Te

2012-01-06 20:59:16
Comentário de Esperança:
Eu sou uma envelhescente que se sente ainda com muito para dar. Ainda gosto de viver de trabalhar de amar de fazer amor de gozear cada momento bom da vida e sobretudo de ajudar todos os que me rodeiam. Tenho rugas sim senhor mas ainda conservo traços da minha beleza de outrora e alguma frescura Continuarei a trabalhar pois assim tem de ser senão poderia aproveitar para gozar mais a vida


2012-01-07 00:10:02
Comentário de Sabdra Vilaça:
Muitos Parabéns pelo artigo. Eu sou uma ENVELHESCENTE com 41 anos em que desde há 2 anos rescendi com a minha antiga empresa e o mercado de trabalho apesar das minhas competências e experiência simplesmente coloco-me na prateleira ...Mas como disse e muito bem no artigo esta idade permite-nos dar ainda muito e melhor fazer escolhas mais acertadas e ainda não desisti Entretanto e para provar a mim mesma que não estamos velhos e que ainda conseguimos fazer tudo aquilo que ambincionámos estou a acabar a minha licenciatura em Osteopatia e Acupuntura.
A vida pode não ser justa mas continua a ser muito boa. Só temos de saber não deixar criar rugas na alma .

Sandra Vilaça

2012-01-08 07:18:26
Comentário de geraldo aloise:
Parabéns excelente abordagem

2012-01-08 13:06:28
Comentário de Leonor Alenquer:
Excelente também eu sou uma envelhescente e estou preocupada se ficar no desemprego o que faço entre o ser nova para reforma e ser velha para trabalhar?

Haja alguém que ainda se vá lembrando dos evelhescentes deste país

Obrigada

2012-01-08 17:55:49
Comentário de Cecília Coelho:
Muito interessante e lúcido este texto do José. Não estou na evelhescência mas fiquei alerta e com um sorriso nos lábios pela comparação inteligiente. Parabéns

2012-01-09 10:29:40
Comentário de Carlos Maciel:
Muito bom.
Bem escrito identifico-me com o conteúdo do texto pois sou um sobrevivente de um Despedimento Coletivo tenho a idade do George Clooney mas tenho esperança que a mentalidade dos dirigentes das empresas mude por isso continuo a responder aos poucos anúncios que aparecem apesar de não obter qualquer resposta.
Sou também um defensor do artigo 24 do Código do Trabalho talvez por ser um defensor do que está legislado embora tenha tido algumas vezes a fama de complicado.
Parabéns e continue.
Carlos Maciel


2012-01-10 13:03:45
Comentário de Rui Daniel:
Gostei do seu texto nunca conseguiria exprimir com tanta lucidez o que me vai na alma com 55 anos.

2012-01-12 01:04:23
Comentário de Sandra Ventura:
Excelente. Muitos Parabéns por esta fabulosa abordagem

2012-01-12 12:57:04
Comentário de Carlos Gomes:
É sempre um prazer lê-lo.
Nesta abordagem gostaria apenas de acrescentar que este preconceito têm vindo a alastrar na sociedade ocidental devido ao individualismo e às desigualdades sociais. E não é uma discriminação apenas da área laboral. Aliás basta ver os anúncios televisivos para perceber os estereótipos ligados à idade.
Um excelente ano 2012 para todos.
Para quando uma nova edição do livro Gestão de Activos Humanos no Seculo XXI ?


2012-01-14 22:24:53
Comentário de Rui Gomes:
Brilhantemente lúcido
Seria interessante que os recrutadores comecem a partilhar esta prespectiva.

2012-01-16 20:25:39
Comentário de Carlos Vicente:
Muito interessante o artigo e a ideia. Pena que o país ainda esteja na adolescência e desperdice muita da sua energia e dos recursos disponíveis pois se estivesse na evelhescência teria uma gestão muito mais justa e inteligente dos recursos disponíveis quer dos evelhescentes quer dos acabados de chegar à fase adulta. Já passei por várias empresas e muitas delas têm nas descrições de funções a idade máxima de 35 anos tendo essas empresas sido acessoriadas na descrição das funções por empresas de consultoria de RH ou seja uma pessoa que comece a trabalhar aos 25 só está apto para o mercado de trabalho durante 10 anos. Quem foi que achou que fazia sentido aplicar as regras de gestão de armazéns FIFO - First In - First Out ou FEFO - First Expired - First Out aos recursos humanos. Queremos que os recursos humanos passem a serem ttão inertes à passagem de conhecimento entre gerações quanto os produtos de uma qualquer loja?

2012-01-16 23:30:30
Comentário de Paulo Rodrigues:
Excelente apontamento Este artigo é um exemplo do que muitas vezes sentimos mas não conseguimos concretizar e definir. É um novo ovo de colombo.
Venham mais artigos
Abraço Paulo Rodrigues

2012-01-17 10:29:50
Comentário de Agostinho Fernandes:
Acabei de descobrir que sou um envelhescente. E que bem que me sabe.
Numa fase de vida de total mudança 5 meses de desemprego ao fim de 18 anos na mesma empresa vou reiniciar a minha vida noutro local e noutro ramo nuam empresa que apostou em mim apesar dos 42 anos de idade .
Compreendo todos os que dizem que são novos para a reforma e velhos para serem recrutados para novo emprego e sei o quanto isso pode ser desmoralizador - concerteza até me posso considerar afortunado nessa matéria.
Parabéns ao autor pela forma fantástica e esclarecida como desenvolve o tema. Realmente inspirador
Obrigado


2012-01-17 23:47:40
Comentário de Magda Cruz:
Excelente nota sobre o tema onde me enquadro totalmente tanto em idade como em situação de vida profissionalmente Estou no início da envelhescência e já me fazem sentir fora de prazo para o mercado de trabalho pelos vistos... Nem uma oportunidade nem uma resposta...

O estranho é que quem nos considera velhos maior parte está nesta faixa etária ou já passou por ela Será que os envelhescentes que estão no activo não se consideram o suficiente para nos valorizarem?? Será que eles próprios já se consideram velhos e incapazes e por isso não contratam pessoas envelhescentes?? Só pode ser isso

Como alguém já disse aqui há muito trabalho a fazer de alteração de mentalidades que passa também por passar a respeitar os nossos seniores que é algo que o nosso povo não faz e tem que se começar por re-educar as tenras idades para que essa alteração comece a acontecer.

Mas vamos agarrar os aspectos positivos desta fase mencionados também neste artigo e sejamos positivos não baixemos os braços e provemos que somos capazes :
Desistir - NUNCA

Sim sou uma envelhescente com muito orgulho :

Parabéns pelo artigo também não conhecia o termo e revejo-me nele totalmente.
Obrigada

2012-01-20 13:26:47
Comentário de António Viegas:
Caro José Bancaleiro

Mais uma vez e como é seu apanágio um artigo prático e que vai direito ao problema pena é que muitos colegas seus recrutadores por vezes não aprendam nem tirem ensinamentos de alguêm mais experiente e com mais anos de mercado e trabalho.

Esperomos que esta mentalidade tacanha de que acima dos 40 anos já estão fora de prazo como os Yogurtes mude pois muitas das vezes apesar de ter passado o prazo dois ou três dias dos mesmos eles ainda estão bons para serem comidos por isso se os candidatos tiveremmais uns anos além dos 40 se calhar convinha lembrarem-se que isso significa Experiência Maturidade e Estabilidade o que nos tempos que correm é muito útil para as Empresa

Cumprimentos e um Abraço




2012-01-23 18:37:50
Comentário de Luís Coutinho:
Com sessentas e no activo procurava classificar-me e realmente revejo-me completamente neste conceito de envelhescente .

Cumprimentos e um abraço

2012-02-11 17:19:19
Comentário de um visitante anónimo:
Olá.
Belo artigo parabéns
Com alegria tenho o enorme privilégio de poder partilhar o seu artigo com os meus filhos e os meus pais. Na verdade estou curiosa por saber a opinião deles sobre este tema. É que rever-me nele parece-me ir de encontro às expectativas agora saber o que os que completaa minha sanduíche

2012-03-05 23:36:46
Comentário de um visitante anónimo:
Olá.
Belo artigo parabéns
Com alegria tenho o enorme privilégio de poder partilhar o seu artigo com os meus filhos e os meus pais. Na verdade estou curiosa por saber a opinião deles sobre este tema. É que rever-me nele parece-me ir de encontro às expectativas agora saber o que os que completaa minha sanduíche

2012-03-05 23:36:48
Comentário de MARIA COSTA:
Boa tarde:

Excelente artigo apesar de ainda não estar nesta fase reconheço e identifico alguns sinais Muio interessante seria ensinar as empresas e pessoas que contratam que existem Pessoas com talento e que fazem crescer negócios sem rotulos idades e demais pre e conceitos Esta país tem uma clara oportunidade crescimento e rejuvenecismento se optar por integrar candidatos seniores em que a idade é apenas um numero Cumprimentos
Maria Costa

2012-03-10 16:00:47
Comentário de sofia calheiros:
pois tardiamente já atacada pela evelhescencia aqui venho tirar o chapéu a Vossamercê.

2012-03-21 22:10:05
Comentário de Ascensao Moço Gonçalves:
Boa noite
Estive hoje 19-04-2012 no seminário gestão de talentos na EGP. Tive curiosidade em conhecer mais do seu talento profissional.
Excelente artigo este revejo-me nele.Com 45 anos achei que era altura de aprender e acrescer conhecimentos tirei a licenciatura em gestao de empresas. Atualmente com 49 anos sou aluna da EGP em gestao de pessoas.
Não podemos parar ao longo da vida devemos estar sempre aprender adquirir novos conhecimentos não podemos ser obsoletos nas empresas mas sim operacionais e ativos pelo menos até aos 65 anos.
Também partilho da ideia que temos de ensinar os mais novos.
Cumprimentos
Ascensao Moço Gonçalves


2012-04-19 23:57:07
Comentário de Luis Correia:
Já tinha ouvido falar e sentido na pele as contradições. Será que os mandões das
organizações não vêm o filão e a qualidade de gente ainda saudável com currículos riquíssimos e estão em transição com disponibilidade para assumirem responsabilidades que que só algumas datas de nascimento permitem.
Só estou desempregado porque o sector onde estava - fabricante de material eléctrico - está hoje moribundo fruto das dificuldades da construção e do imobiliário.
Se souber de alguém que partilhe a sua opinião e esteja a recrutar alguém ENVELHESCENTE conte comigo.

2012-04-23 16:14:01
Comentário de Luis Correia:
Já tinha ouvido falar e sentido na pele as contradições. Será que os mandões das
organizações não vêm o filão e a qualidade de gente ainda saudável com currículos riquíssimos e estão em transição com disponibilidade para assumirem responsabilidades que que só algumas datas de nascimento permitem.
Só estou desempregado porque o sector onde estava - fabricante de material eléctrico - está hoje moribundo fruto das dificuldades da construção e do imobiliário.
Se souber de alguém que partilhe a sua opinião e esteja a recrutar alguém ENVELHESCENTE conte comigo.

2012-04-23 16:14:04
Comentário de Uploascap:
Obedient bye%2C considerate soul mate :%29

2012-04-27 23:15:30
Comentário de rallRearp:
Obedient bye%2C considerate friend :%29

2012-05-04 08:03:56
Comentário de Essedgesarm:
Good bye%2C sweet alternative other :%29

2012-05-09 20:33:58
Comentário de Bernarda Letras:
Hello hello doctor
sei do que fala...muito bem.

Tenho saudade de trabalhar consigo muito aprendi como profissional mas mais ainda como pessoa.
Estou grata a vida por ter-me feito passar pelo seu caminho.

Um beijinho
Bernarda Letras

2012-07-10 08:39:55
Comentário de web optimization:
Acho que outro site propriet& 225 rios devem tomar www.bancaleiro.com como um modelo o estilo de usu& 225 rio muito limpa e amig& 225 vel e excelente design muito menos o conte& 250 do. Voc& 234 & 233 um especialista neste t& 243 pico

2012-10-25 09:36:48
Comentário de scorte girl:
Este artigo em www.bancaleiro.com d& 225 a luz na qual podemos observar a realidade.

2012-10-27 09:24:37
Comentário de escorte girl paris:
& 201 realmente um bom peda& 231 o e & 250 til de informa& 231 & 227 o. Estou feliz que voc& 234 compartilhou essa informa& 231 & 227 o & 250 til com a gente. Por favor mantenha -nos informados como este. Obrigado por compartilhar. melhores desejos

2012-11-20 03:46:51
Comentário de escorte girl paris:
& 201 realmente um bom peda& 231 o e & 250 til de informa& 231 & 227 o. Estou feliz que voc& 234 compartilhou essa informa& 231 & 227 o & 250 til com a gente. Por favor mantenha -nos informados como este. Obrigado por compartilhar. melhores desejos

2012-11-20 03:46:53
Comentário de escort girl agency:
Eu encontrei seu blog atrav& 233 s do Google e devo dizer que este est& 225 entre os melhores artigos bem escritos que tenho visto em muito tempo.

2012-12-24 13:42:23
Comentário de escort girl agency:
Eu encontrei seu blog atrav& 233 s do Google e devo dizer que este est& 225 entre os melhores artigos bem escritos que tenho visto em muito tempo.

2012-12-24 13:42:26
Comentário de seo marketing:
J ai peut-& 234 tre trouv& 233 quelque chose qui est une violation du droit d auteur sur le contenu associ& 233 ... Qu est-ce qui se passe exactement si c est indiqu& 233 ?. Est-ce que le contenu associ& 233 clouez-la sur l & 233 crivain? Ou est le contenu tout simplement supprim& 233 ?. Est l auteur accus& 233 s d infractions criminelles?. Merci ..

2013-01-26 08:36:45
Deixe o seu comentário:

A sua identificação:
Nome:
Email: